O sono deve, essencialmente, ser um momento de relaxamento do corpo e de prazer. Entretanto, o que é uma das horas mais adoradas para alguns, pode se tornar um problema para outros. Muitas pessoas sentem dificuldades para dormir, e as causas são inúmeras: ansiedade, estresse ou até problemas neurológicos.

Além de deixar as pessoas mais cansadas no dia seguinte, a falta de uma boa noite de sono pode prejudicar a saúde. De acordo com um estudo feito pela American Academy of Sleep Medicine, dormir bem é um dos fatores que contribui para a longevidade. Foram analisadas 2800 pessoas, e 65% delas afirmaram que a qualidade de sono recorrente em suas vidas é boa ou muito boa. Portanto, não nos resta dúvidas: não conseguir dormir não deve ser um hábito naturalizado, e você pode mudar já esse quadro.

 

insonia1

 

Para tornar suas noites de sono boas e saudáveis, separamos algumas dicas:

  • Evite o uso excessivo de celulares e computadores: navegar na internet ou assistir algum filme, por exemplo, podem aumentar o grau de excitação do indivíduo, impedindo que a mente relaxe e possa descansar. Além disso, a luz emitida por estes aparelhos também despertam a mente. Portanto, nada de eletrônicos antes de dormir.
  • Beba algo relaxante: o chá de camomila é um calmante natural, e com certeza te ajudará a dormir melhor. O leite morno também pode ser uma boa opção. Para potencializar os efeitos dessas bebidas, aconselha-se adicionar mel.
  • Cuidado com os exercícios: se a temperatura do nosso corpo estiver alta – como quando praticamos exercícios -, o nosso sono será prejudicado. A tendência é que um indivíduo fique mais sonolento à medida em que a temperatura do seu corpo cai. Por isso, evite praticar exercícios noturnos. Caso pratique alguma atividade, procure deitar-se três horas depois.
  • Amenize a ansiedade: caso ela atormente sua noite, procure esvaziar a mente e respirar lenta e profundamente. Caso persista, invista em atividades que reduzem este quadro, como ioga. Procurar um psicólogo também pode ser uma boa opção.
  • Atenção às luzes: A melatonina é um dos hormônios ligados ao sono, e só é melhor produzido quando estamos no escuro. Por isso, evite que o quarto tenha alguma luz muito forte, como um abajur aceso. Nessa questão também voltamos ao uso de eletrônicos, cujas luzes emitidas podem inibir a produção deste hormônio. Também evite cortinas pesadas demais, pois a iluminação natural do amanhecer nos ajuda a acordar melhor.

Após estas dicas, não pense duas vezes antes de adaptar sua rotina para que a qualidade do seu sono melhore. Lembre-se de que, além de lhe deixar mais disposto no dia seguinte, as boas noites de sono trazem benefícios à saúde a curto e longo prazo.