Quantidade certa: você sabe consumir corretamente os alimentos?

0

Muitos alimentos ganham fama por auxiliarem na perda de peso e por oferecerem inúmeros benefícios à saúde. Entretanto, se estes alimentos não forem consumidos corretamente, eles podem perder algumas de suas propriedades, causar emagrecimento exagerado (e não-saudável) ou ainda acarretar no ganho de peso.

 

lili

 

Veja uma lista de alimentos essenciais para a saúde, e saiba como prepará-los da maneira certa:

  • Café: o ideal é que a bebida seja consumida pura e, de preferência, sem adição de açúcar ou adoçante. Recomenda-se que o consumo não ultrapasse três ou quatro xícaras de 50ml, e que não o seja feito depois das 16h, devido ao seu caráter estimulante. Seu excesso pode causar nervosismo, aumento da frequência cardíaca e perda de líquidos no corpo.
  • Pimenta: a maioria das pimentas são benéficas para o coração e até atuam no tratamento contra o câncer. Nutricionistas afirmam que quanto maior for sua ardência, melhor à saúde. Entretanto, ela é contraindicada para pessoas com úlcera e gastrite, e quando consumida em excesso pode causar queimaduras.
  • Canela: apesar de prevenir contra o diabetes, o colesterol alto e ter ação termogênica, a canela, se consumida em excesso, pode causar intoxicação, alergias, aceleração dos batimentos cardíacos e úlcera. O consumo ideal diário deste tempero é de um a seis gramas.
  • Linhaça e chia: ambas ajudam no emagrecimento, pois dão sensação de saciedade. Também possuem nutrientes benéficos ao coração, à visão e ao cérebro. Porém, o consumo ideal diário para a linhaça é de uma colher de sopa, enquanto que para a chia é de duas colheres de sopa. O consumo em excesso de chia pode levar ao aumento de peso ou constipação intestinal. Já a linhaça pode causar desconforto gástrico e obstrução intestinal.
  • Chá verde: a bebida ajuda no emagrecimento por ter propriedades antioxidantes, que queimam calorias mais rápido. Contudo, o ideal é que se tome, no máximo, 600ml por dia. Ele contém grandes quantidades de cafeína, portanto não deve ser ingerido depois das 16h. Gestantes devem evitá-lo, uma vez que ele reduz o fluxo de sangue na placenta, prejudicando o desenvolvimento do feto. Pessoas que tomam remédios que agem no sistema nervoso também devem ficar longe do chá.
  • Quinoa: a quinoa também dá a sensação de saciedade. Sua quantidade de proteínas faz com que ela seja benéfica aos músculos. Porém, ela é muito calórica, e não deve ser ingerida em grandes quantidades.

É importante lembrar que uma dieta saudável não é feita apenas de alimentos que estimulam o emagrecimento, já que o corpo tem necessidades que precisam ser supridas. Lembre-se também que os excessos costumam fazer mal, então procure se informar sobre a quantidade ideal para consumo de um alimento antes de ingeri-lo.

Compartilhe!

Sobre o Autor

O Fátima Saúde é uma das mais sólidas operadoras de gestão da saúde do sul do Brasil, com uma filosofia única no mercado de saúde da Serra Gaúcha. Atua desde 1988 na criação de soluções para a gestão integral da saúde, com plano de saúde e serviços modernos e inovadores.

Deixe uma resposta