Rotina e exercícios: vida saudável é questão de hábito

0

Sempre defendemos que uma vida saudável é conquistada por meio de esforços diários. Um grupo de pesquisadores da Universidade Estadual de Iowa (EUA) acredita no mesmo e decidiu desenvolver um estudo para analisar essa afirmação. A pesquisa foi focada no hábito de frequentar a academia – ou fazer exercícios físicos em lugares variados. Foram analisados 123 adultos saudáveis, dos quais 87 eram estudantes universitários entre 18 e 33 anos; e 36 eram funcionários da Universidade, cuja faixa etária é de 21 a 73 anos.

Na pesquisa, os participantes foram questionados sobre seus hábitos. Ou seja, responderam se já se exercitavam regularmente ou se estavam dispostos a praticar exercícios de 20 minutos semanalmente – durante um mês. Também foi perguntado como essas pessoas decidiram se exercitar. Os pesquisadores buscavam compreender se essa decisão foi como um processo automático. Em relação à rotina, foi indagado se os exercícios eram praticados regularmente e de forma disciplinada, ou se as práticas variavam.

Com as respostas coletadas e a análise sobre elas, os pesquisadores chegaram à “conclusão” de que a duração da prática de exercícios não era o mais importante na construção da vida saudável, mas sim o “sinal” que indica o momento da prática. Este “sinal” varia de acordo com o modo de vida de cada pessoa. O fim de um expediente de trabalho, por exemplo, pode ser o indicador de que chegou a hora de ir para a academia.

A pesquisa apontou que pessoas que possuem este “sinal” e que mantém a prática de exercícios como um compromisso fixo em suas agendas têm tendência a cumprir esta rotina, sem pensar sobre a escolha ou ter que “se convencer” a efetivar a prática. Também foi constatado, via estudo, que um mês é o ideal para que o hábito seja fixado na rotina. Entretanto, a variação do “sinal” deve ser alterada após muito tempo de prática.

Além dos exercícios físicos, estabelecer um “sinal” indicador pode ser eficaz para diversos aspectos que englobam um plano de vida saudável. O fim do expediente pode significar, por exemplo, o momento de preparar uma refeição balanceada, ou de meditar. O momento antes de ir para cama pode ser o “sinal” que indica um momento de leitura e relaxamento. De “sinal” em “sinal”, é possível construir uma vida que preza pela saúde e pelo bem estar.

Compartilhe!

Sobre o Autor

Deixe uma resposta