A falta de higiene afeta sua imunidade

0

Pense em quantos objetos você tocou na última hora. Caneta, barra do ônibus, maçaneta, o teclado do computador… As mãos estão em contato direto com locais impregnados de germes. Daí, basta levar os dedos aos olhos ou à boca para que vírus e bactérias ganhem acesso ao corpo. “Portanto, precisamos lavar as mãos com regularidade a fim de reduzir a probabilidade de pegar doenças”, recomenda a médica Helena Brígido, da Sociedade Brasileira de Infectologia. Se pia, água e sabonete não estão disponíveis, o álcool em gel é um aliado e tanto.

bannerimage-700x315-ok6uoagwgy59jia4-yz-jg--

E a velha sugestão de espirrar e tossir em lenços de papel continua válida. Só não dá pra entrar em estado de neurose. “O excesso de limpeza afeta a pele e destrói os micro-organismos que vivem naturalmente ali, o que é igualmente prejudicial”, alerta o imunologista Antonio Condino Neto, do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. Assim como a canja de galinha, uma dose de bom senso não faz mal a ninguém.

Compartilhe!

Sobre o Autor

O Fátima Saúde é uma das mais sólidas operadoras de gestão da saúde do sul do Brasil, com uma filosofia única no mercado de saúde da Serra Gaúcha. Atua desde 1988 na criação de soluções para a gestão integral da saúde, com plano de saúde e serviços modernos e inovadores.

Deixe uma resposta