Além de ser uma das nossas formas de comunicação, a voz também pode ser um reflexo da saúde de nosso organismo. Muitas vezes, os problemas podem se encontrar nas próprias cordas vocais, que sempre estão suscetíveis a nódulos, cistos, hemorragias e laringita, principalmente quando a usamos não a usamos com cuidados. “Assim como outros músculos, as pregas vocais precisam de condicionamento, em especial quando seu uso é intenso. Caso contrário, o risco de lesão é grande” explica Ana Elisa Ferreira, fonoaudióloga da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.

É comum que professores, cantores ou radialistas sejam mais vulneráveis a estes riscos, mas pesquisas apontam que a chance de as pessoas apresentarem problemas com a voz ao longo da vida é de 30%. Nestes casos, é extremamente importante a busca por um médico em qualquer sinal de complicação. Além disso, não se deve esquecer dos hábitos de higiene vocal, que incluem beber água, conversar em volume adequado, evitar o tabagismo e o consumo excessivo de álcool e beber muita água.

Entretanto, nem todos os sinais de alertas emitidos pela voz significam problemas pequenos.

 

Sinal de Parkinson

Esta doença, caracterizada pelos tremores involuntários, pode apresentar como sintoma a dificuldade na comunicação. “O transtorno enrijece os músculos, inclusive os da laringe. Então a voz fica baixa, fraca e pouco melódica”, comenta Mara Behlau, fonoaudióloga e diretora do Centro de Estudos da Voz em São Paulo.

Câncer

A rouquidão, principalmente as que surgem sem motivo aparente, também é motivo para preocupação. É por meio dela que o câncer de laringe costuma se manifestar. A alteração na voz torna-se ainda mais suspeita quando dura por mais de duas semanas, situação na qual um especialista deve ser procurado imediatamente.

 

vozzzzzzzzzzzzz

 

Cuidados gerais

Para manter as suas cordas vocais saudáveis, e até mesmo se sair melhor durante suas falas em público, basta seguir alguns conselhos.

Postura: manter a coluna ereta e o tronco voltado para seu público ajuda a respiração e melhora a projeção do som.

Sonoas cordas vocais também precisam de uma boa noite de sono para se manterem saudáveis, e  na ausência de descanso, a voz pode denunciar sua negligência.

Alimentação: evite alimentos pesados e gordurosos, principalmente antes de uma apresentação. A maçã é uma boa opção para você se alimentar, uma vez que ela possui propriedades capazes de amplificar a ressonância do som na boca.

Bebidas: durante um discurso, mantenha suas cordas vocais hidratadas com sucos, água ou chás. O café e o álcool são bebidas que devem ser evitadas antes de uma fala em público, pois ressecam a mucosa que recobre as cordas, dificultando a fala.

Estresse: a tensão deixa a musculatura da laringe enrijecida. Desta forma, ela não se movimenta direito e denuncia o nervosismo que você está sentindo.