Em clima de Feira do Livro, nós, do Fátima Saúde, mais do nunca reconhecemos os inúmeros significados que um livro pode ter na vida de uma pessoa. Liberdade, conhecimento, inclusão: estes são apenas alguns dos aspectos que podem ser encontrados em suas páginas e que fazem um bem imaginável ao seu leitor.

Tantos benefícios levara a leitura a se aliar à medicina. É por este motivo que os livros se tornaram protagonistas de terapias para pacientes com doenças crônicas. Estes indivíduos comumente vivem com a necessidade de constante internação, o que os deixa impossibilitados de manter o convívio social e à mercê apenas dos recursos oferecidos pelos hospitais.

Apesar de necessário, submeter um paciente a este tipo de situação pode acarretar em problemas que afetam o âmbito social e emocional. É para amenizar esta experiência que a “Biblioterapia”. Com ela, os indivíduos têm acesso a livros e demais informações dentro do ambiente hospitalar, evitando, portanto, que eles fiquem alheios ao que acontece no mundo, ou que deixem de alimentar suas mentes com boas histórias.

Com a leitura, os pacientes – assim como todos os demais leitores – exercitam sua capacidade de compreender os sentimentos, questionar, argumentar e ainda permite e estimula a manutenção do bem estar e da autoestima. A “Biblioterapia” também pode ser aplicada em âmbitos distintos, como em casos de pessoas em situação de vulnerabilidade. O importante é que todas as pessoas tenham acesso aos livros.

Mais do que nunca, o livro se mostrará como um amigo íntimo do paciente, que terá ainda mais forças para lutar contra a sua doença.

Em Caxias do Sul, a Feira do Livro seguirá alegrando a Praça Dante Alighieri até o dia 18, no domingo. Que tal aproveitar os últimos dias do evento para fazer doações? Lembre-se que, nos dois últimos dias de Feira, o Fátima Saúde – com o apoio da entidade Passarte – disponibilizará a Banca Vazia, que estará pronta para receber toda a sua solidariedade.