Estudos feitos pela Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, mostra o que pode acontecer com a mente submetida a barulhos em demasia.

0,,38406638,00

 

Além dos danos auditivos, a situação desencadearia estresse, provocaria problemas cardiovasculares, atrapalharia o sono e, em crianças, retardaria processos de aprendizado. “São fatores em potencial para provocar distúrbios mais sérios, como a depressão”, avalia, os pesquisadores. E não se engane achando que o problema só atinge quem mora próximo a grandes avenidas e aeroportos ou trabalha com maquinários ensurdecedores. Fones de ouvido, as buzinadas do trânsito e até o ruído do metrô seriam vilões tão próximos quanto preocupantes.

(Fonte: Abril)