Dicas para se ter uma boa digestão

0

No dia a dia, muito se fala em digestão. Com certeza todas as pessoas já ouviram as mais diversas recomendações sobre como proceder para que uma refeição seja digerida sem grandes incômodos. Sonolência, estômago “pesado” e azia são alguns dos sintomas que acometem as pessoas que não atentam para os cuidados necessários. Para não permitir que as refeições sejam sinônimo de desconforto, trouxemos algumas dicas que, com o aval da medicina, vão te auxiliar a amenizar esses sintomas.

  • Evite comer rápido: essa dica já é conhecida e realmente funciona. Segundo o nutrólogo Fernando Bahdur Chueire, da Associação Brasileira de Nutrologia, ao mastigarmos, o organismo libera uma enzima cuja função é facilitar a quebra do alimento e o processo de digestão. Quando comemos rapidamente, o alimento não é mastigado no tempo necessário e o cérebro não “registra” o momento da alimentação. Portanto, a enzima não age e o estômago fica sobrecarregado.
  • Atenção aos líquidos: ingerir líquidos durante as refeições dá sensação de desconforto devido ao tempo que o estômago leva para se esvaziar. Porém, é “permitido” tomar um copo de suco de até 150 ml, uma vez que sãos as bebidas gaseificadas que dilatam este órgão e prejudicam o processo digestivo.
  • Sono inadequado: é aconselhável que os indivíduos desfrutem de um momento de repouso após as refeições, pois de fato facilita o processo digestivo. Entretanto, não se deve entrar em sono profundo, pois ele torna o organismo mais lento. O ideal é que se durma após duas ou três horas depois de ingerir algum alimento.
  • Má respiração: Pessoas com problemas respiratórios comumente respiram pela boca ao se alimentar. O mesmo acontece com quem sorve alimentos como sopa. Ao levar ar para o estômago, as chances de azia ou refluxo.
  • Roupas e cintos apertados: além do desconforto óbvio, estes fatores fazem com que o estômago fique apertado e a comida retroceda ao esôfago e resulte na azia.
  • Boca seca: a saliva é quem dá início ao processo de digestão saudável e sua ausência também pode causar desconforto. Muitas vezes a boca fica seca sem um motivo aparente e apesar de ser normal, é recomendável que um médico seja procurado caso o problema persista. O uso de determinados medicamentos, como analgésicos, e o abuso de álcool e cigarro podem contribuir para que a boca fique seca.
  • Postura à mesa: os órgãos do sistema digestivo ficam na caixa torácica, portanto, a postura deve estar sempre ereta no momento da alimentação. Falar enquanto come também pode levar ar ao estômago, causando desconforto.

 

 

Compartilhe!

Sobre o Autor

O Fátima Saúde é uma das mais sólidas operadoras de gestão da saúde do sul do Brasil, com uma filosofia única no mercado de saúde da Serra Gaúcha. Atua desde 1988 na criação de soluções para a gestão integral da saúde, com plano de saúde e serviços modernos e inovadores.

Deixe uma resposta