Operadora divulga resultados de 2018

0

O Fátima Saúde, operadora com mais de três décadas de atuação na área da saúde privada, divulga os resultados referentes ao exercício de 2018. Com a marca de 51,6 mil vidas atendidas, tem o reconhecimento de possuir um modelo de negócio diferenciado, valorizado tanto pelas empresas clientes quanto pelos beneficiários. De acordo com o relatório, a operadora teve um crescimento significativo em 2018, com resultado líquido de R$ 4.628 milhões (balanço anexo). Os bons indicadores, nas diversas áreas de mensuração, foram motivados por uma série de ações estratégicas voltadas à sustentabilidade do negócio que vem sendo implantadas ao longo dos últimos anos e por meio da integração dos diversos serviços e áreas da empresa. Aliada a isso, um acompanhamento e revisão constante de despesas também impactaram no resultado final.

 

A empresa entendeu há algum tempo que o melhor caminho neste segmento é dar toda a segurança, orientação e acompanhamento que as pessoas precisam e buscam ao optar por um plano de saúde. A integração de dados, de serviços e das áreas de atendimento, como a Medicina do Trabalho, o Centro Integrado e o LIFEPrev possibilitam uma gestão voltada à promoção efetiva da saúde, impactando diretamente no cuidado com cada beneficiário e na melhoria da cadeia de atendimento. Além disso, a gestão de uma rede de prestadores cada vez mais qualificada e integrada à operação e ao modelo de promoção da saúde garante processos em contínua evolução, impactando positivamente nos resultados assistenciais”, afirma o diretor-geral do Fátima Saúde, Roberto Zottis.

Com o olhar voltado à gestão e promoção integral da saúde e tendo o beneficiário como o principal foco, o Fátima Saúde tem um posicionamento voltado à sustentabilidade da cadeia da saúde suplementar, colocando o beneficiário no centro estratégico das decisões e sempre em alinhamento à legislação – o que exige dinamismo e constante busca por melhorias de processos, tecnologias, estrutura e relacionamento. O baixo índice de reclamação junto à agência reguladora, em comparação às demais operadoras, reforça o acerto dessa conduta.

A operadora liberará até o final de abril próximo a versão 2.0 do Fátima Life, mantendo os mesmos conceitos do modelo de gestão compartilhada criado em 2008, mas trazendo uma atualização tecnológica que irá proporcionar ainda mais integração com os clientes empresariais. O Fátima Life é um conceito de vanguarda que integra e interliga diversas soluções em um só ambiente, embasado na definição de promoção de saúde individualizada, em um modelo que proporciona às empresas a gestão compartilhada da saúde de seus funcionários com a operadora. Além disso, está em processo de implementação o MADU, nova plataforma de gestão da Medicina do Trabalho, desenvolvida pela Metadados e totalmente adequada para atender o e-Social que se integrará com o Sistema LIFE.

Para 2019, o Fátima Saúde pretende continuar expandindo. A significativa evolução no ano anterior deu fôlego para que a operadora prossiga com seus esforços no desenvolvimento e consolidação de um modelo de saúde eficiente e resolutivo, com pauta de investimentos e busca constante por melhorias de tecnologias e processos.

Compartilhe!

Sobre o Autor

O Fátima Saúde é uma das mais sólidas operadoras de gestão da saúde do sul do Brasil, com uma filosofia única no mercado de saúde da Serra Gaúcha. Atua desde 1988 na criação de soluções para a gestão integral da saúde, com plano de saúde e serviços modernos e inovadores.

Deixe uma resposta